Sempre Simples

"A simplicidade é o último grau de sofisticação." Leonardo da Vinci.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Como escolher a escola para seus filhos (2)

Na sequência de “Como escolher a escola para seus filhos (1)”, a abordagem é sobre o método de ensino e as habilidades cognitivas do aluno. Vamos conhecer as várias teorias pedagógicas e em quais delas o perfil de seus filhos se encaixa.

A primeira coisa é voltar o olhar para a família, prestar atenção naquilo que os filhos mais gostam de fazer, o que fazem bem e a que dedicam maior parte do tempo, enquanto brincam.  O que pais projetam para o futuro dos filhos? Que ingressem na melhor universidade, que sigam um caminho artístico, que sejam idealizadores, que liberem a criatividade, que recebam estímulos religiosos? Analisar tudo isso é importante para a escolha da escola apropriada.

A maioria da população brasileira não tem possibilidade de escolha e as escolas públicas são a única opção viável. Mas sempre bom saber que existe variados métodos de ensino aos quais as crianças se identificam mais. Já ouviu falar nas teorias: Tradicional, Construtivista, Socioconstrutivista, Montessoriana, Waldorf? Vamos compreender cada uma delas.

Tradicional.
No ensino tradicional, o professor é detentor do conhecimento e o aluno aprendiz de muita teoria e exercícios. A escola tradicional prepara o aluno com foco principal no vestibular. O ensino tradicional não instiga tanto o raciocínio.

Construtivista.
O método construtivista foi instituído pelo pesquisador suíço Jean Piaget. Escolas construtivistas valorizam a participação interativa dos alunos no processo de ensino e aprendizagem e não apenas no que o professor tem a ensinar. O educando é avaliado de diversas formas e não somente através de provas, por isso valoriza mais o raciocínio.

Socioconstrutivista ou Sociointeracionista
Este método socioconstrutivista teve sua origem nos estudos do russo Lev Vygotsky. A escola sociointeracionista valoriza o aprendizado em grupo, todos raciocinam e praticam os conhecimentos em equipe. Ideal para crianças extrovertidas e comunicativas.

Montessoriana.
Maria Montessori foi uma médica católica que se envolveu com a causa de crianças com dificuldades de aprendizado. A médica teve sua vida, como educadora, retratada em filme. A teoria Montessoriana propicia ao aluno experimentar antes, para depois aplicar a teoria. Indicado para alunos com dificuldades ou não.

Waldorf.
O método Waldorf teve como inventor, o alemão Rudolf Steiner. As escolas Waldorf, prezam pelo aprendizado naturalista, respeitam o tempo de aprendizado do aluno e utilizam práticas corporais e artísticas. Portanto não tem foco para o vestibular.

Por isso é recomendado conhecer o perfil dos filhos antes de escolher a escola. Colocar uma criança tímida numa escola sociointeracionista, pode interferir no bom aprendizado deste aluno. Seria uma tendência pensar que ajudaria a criança perder a timidez, mas pode surtir efeito contrário; a criança pode não se identificar e sofrer psicologicamente, neste ambiente escolar.

Na sequência, teremos uma 3ª publicação onde citarei também as escolas de cunho religioso, profissionalizante e militar.



Fonte de pesquisa: ISTOÉ (1º SET/2010 Ano 34 Nº 2129) .


2 comentários:

  1. Muito bom Marilí, informação é tudo, ainda mais para a educação dos filhos, Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, obrigada pela fidelidade! E que bom que estou conseguindo passar algumas informações. Obrigada por tudo! Beijos

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, será um prazer recebê-lo.